terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Casei 2010 " Tinna e Paulo

Aos poucos nossas noivas irão nos enviando as entrevistas que lhes foram encaminhadas, nessa semana chegou a nós a entrevista da Tinna e do Paulo eles se casaram em 10/04/2010 na Igreja Cristã e Recepção no Country Club de Brasília foi um dia mágico, os noivos estavam irradiante, daqueles que dá gosto de ver sabe, unidos mais do que nunca, nós já nos conhecíamos de outros casamentos que fizemos antes de realizar o enlace do casal, a Tinna estava linda, bom, confesso aqui que não foi difícil, ela é mesmo muito linda, alegre, um amor de pessoa.
Tinna e Paulo desejo muitas felicidades, grande abraço.

*******

1-     Como foi passar pela experiência do casamento.

O casamento é uma experiência singular, única e incrível. Afinal, você escolhe dividir toda sua vida com alguém. Por isso, a cerimônia e a festa são demonstrações públicas de compromisso, amor e união. É o momento de declarar o amor à pessoa amada, diante de Deus, amigos e familiares. E ao longo do casamento, você descobre o quanto é bom ter alguém ao seu lado para compartilhar tudo. É uma descoberta diária de surpresas agradáveis e desafios. Sou mais feliz casada do que quando era solteira, ou até mesmo no período de namoro. É bom crescer ao lado da pessoa que amamos. É fascinante! 

 
2-     Conte algo inusitado ou diferente que aconteceu no seu casamento.

Meu casamento correu tudo bem, graças a Deus (hehehe). Mais dois fatos eu lembro com carinho. Minhas irmãs foram Demoiselles e entraram na igreja dançando ao som de “Stand by me”. Foi um sucesso! A dama Maria Eduarda, de 4 anos, anunciou a minha entrada com um sino. Ela ficou tão tensa com a responsabilidade que tinha recebido, que entrou na igreja de boca aberta, tanto era o esforço para fazer o sino tocar bem alto. E assim que terminou a cerimônia, perguntou para sua mãe: “Missão cumprida, não é?”. E depois disso relaxou tanto que caiu no sono e nem conseguiu participar da recepção. Enfim, o dia do meu casamento foi inesquecível e abençoado por Deus!

 
3-     Deixe aqui algumas dicas importantes para as leitoras do nosso blog.

Minha primeira dica para as noivas é pesquisar bem. Eu, que não tenho muita paciência para isso, usei bem a segunda dica: pegar indicações. Tanto do cerimonial, que ajuda bastante, quanto de outras pessoas que já casaram. O maior erro que eu cometi no meu casamento foi me deixar levar pela conversa das vendedoras de lojas de vestido, principalmente em Taguatinga. Elas tentam te empurrar os vestidos como se estivessem vendendo bananas. Eu caí em uma destas, que no primeiro momento me tratou super bem, mas depois era uma humilhação. Não me entregaram nada corretamente, passei muita raiva. Outra coisa, não levem só o valor em consideração. Temos que pensar que esse é um dia único e especial, por isso todo esforço é válido. E também ajuda a evitar dores de cabeça com maus profissionais.

 
4-     O que foi mais lindo que marcou verdadeiramente o seu casamento.

Eu, incrivelmente, não fiquei nervosa no dia do meu casamento. Afinal, era o dia que eu tanto sonhava, que estaria declarando meu amor diante de Deus, de todos amigos e familiares. Então, o mais incrível para mim, foi chegar na igreja e ver meu amado com um sorriso estampado, pronto para me receber como sua esposa. Além de ver a igreja cheia de pessoas que amo. A alegria reinou naquele dia, pois era um dia de festa. O dia do meu casamento foi um dia de imensa alegria. 

 
5-     Conte um pouco sobre a sua lua de mel.

Minha lua de mel foi um sonho. Fomos para Paris, a cidade mais encantadora que já tive a oportunidade de conhecer. Foi uma semana conhecendo lugares históricos e românticos. Eu acho que é a cidade ideal para uma lua de mel, cheio de romantismo e amor pelo ar. O mais interessante é que ficamos “ilhados” em Paris, por conta de um vulcão que entrou em erupção e parou toda Europa. Então foi lua de mel recheada com aventura. Simplesmente inesquecível!!!

Prévia Karla Guimarães







FIM


Postar um comentário