quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Restrições e muita burocracia nas Igrejas Católicas

Vamos tirar a poeira do blog com um assunto um pouco polémico, mas que no meu ponto de vista não poderia deixar de comentar aqui no blog.
Em todos esses anos de eventos, já realizamos casamentos em muitas igrejas e sempre me deparo com a arrogância e prepotência de alguns "Padres" Celebrantes.
Não que eu esteja aqui pra descriminar ou dizer que celebrações com pastores são melhores, mas o que venho notando é que os noivos muitas vezes pagam uma verdadeira fortuna para se casar na igreja dos seus sonhos e acabam sendo barrados de realizarem como acharam que seria.
Só para constar existem aqueles que mudam os noivos de lugares ou seja, ensaiamos tudo como deveria ser e no dia ele resolve colocar os noivos em cima do altar em uma posição lateral que fica terrível para os fotógrafos e equipe de cerimonial, pois para completar somos impedidos de subir lá para dar o suporte que os noivos precisam, resultado eles ficam perdidos lá em cima longe de nós e os fotógrafos não fazem boas fotos por conta do ângulo.
A arrogância de alguns padres me tira do sério, temos realmente que respeitar as normas da Igreja e o altar para eles é lugar sagrado, até ai tudo bem, mas ficar de lá chamando atenção de profissionais como banda... Há tenha santa paciência viu... Em um de nossos eventos a cantora bateu o dedo no microfone para ver se estava ligado e o padre berrou de lá em alto e bom tom, não bata no microfone, e ela em sua educação pediu desculpas Padre! Ele por sua vez gritou "Desculpa Nada". Nossa fiquei passada, Jesus não nos ensina sermos assim, ele é amor, e um padre que representa a sua paróquia agindo dessa maneira na minha opinião está fugindo ao princípio a que foi chamado.
Proíbem o que podem e o que não podem, uma vez um Padre me disse" estamos atrasado cerimonial" eu respondi, sim Senhor mas a noiva teve um problema no transporte e estamos aguardando apenas a chegada dela para iniciarmos, pois no mais está tudo pronto, fila montada banda sincronizada etc etc etc, ele virou e disse vamos começar sem ela, nossa eu olhei pra ele com cara de espanto, mas padre como iniciamos sem a principal pessoa? Não quero saber vamos começar... Sem noção né, mas ele teve que esperar ela chegar eu não iria fazer isso nunca.
De lá do altar ele fez um gesto que iria cortar minha cabeça, quis subir lá e quebrar o pau com ele mas respirei fundo e deixei passar, penso sempre nos meus clientes, já imaginou que barraco, não é minha cara.
Outro bem conhecido dos profissionais e noivas, no momento mais importante da celebração ele pede para todos sentarem, calar a boca  isso mesmo! Fotógrafos e cinegrafistas desliguem seus equipamentos, cerimonial afastem- se do casal... Ou seja o que você vai ter de recordação daquele momento?? Nada né, sendo assim não contrate filmagem para a celebração desse determinado padre pois estará jogando dinheiro no lixo literalmente.
E muitas outras estórias poderíamos contar aqui mas não vem ao caso.
Minha postagem é um desabafo, pois não concordo com o que vem acontecendo nas igrejas católicas, acho que por isso vem perdendo tantos membros, alguns casais abrem mão da celebração religiosa e optam por uma celebração apenas no civil, por já terem vivenciado algo parecido ou souberam por alguém desses acontecimentos, o que não é bom, pois para mim a parte mais importante no matrimonio é justamente a parte religiosa.
Isso não acontece em todas as igrejas mas na grande maioria, e o que eu percebo também é que essa maneira de agir deles, contamina toda a comunidade, sim, os porteiros, caseiros, ministros de Eucaristia, zeladores de igrejas, comentaristas, nossa é cada um mais mal educado que o outro quem eles acham que são? DEUS???? Eu acho que se sentem algo superior a Deus.
Deus é amor, paciência, bondade, fidelidade, compaixão, amor ao próximo e não tudo o que venho notando nesses anos.
Já vi noivos sendo praticamente humilhados nas celebrações, o Celebrante perguntando insistentemente se o Noivo estava certo do que estava fazendo, como se quisesse que ele saísse correndo da Igreja fugido, credo, comentar sobre a queda das torres Gêmeas nada haver com a celebração, e mais... já vi celebrantes tão rígidos nas celebrações e ao termino vão para a festa e bebem bebidas alcoólicas enchem a cara literalmente, olha fiquei passada, se alguém tivesse me contado não acreditaria.
Enfim só um desabafo pois não concordo com os fatos acontecidos.


Sei que algumas noivas se identificarão com esse poste e peço por favor que contem aqui no blog nos comentários suas experiências vividas.
Será ótimo debatermos esse assunto tão delicado.

Késia Tatiane
Postar um comentário